Lô Pimentinha

Lô Pimentinha
Devaneios de uma mulher, filha, amiga e advogada piperácea, cujos frutos são bagas picantes. Pensamentos habitualmente utilizados como tempero do cotidiano.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Bolinha de papel, brigas e afins

Importa realmente saber se foi uma bobina ou uma bolinha de papel que atingiu o candidato Serra em sua carreata no Rio de Janeiro?

Na minha opinião, o que importa é recriminar essa atitude de quadrilheiros, arruaceiros...

Como todos os dias, temos a divulgação da agenda dos presidenciáveis na mídia e para mim está claro que esse bando já estava preparado para a visita do candidato Serra.

Toda a confusão foi iniciada pelo Sr. José Ribamar de Lima, diretor do Sint-Saúde e pelo candidato frustrado Sandro Mata Mosquito (PT). Carregavam cartazes feitos a mão e que chamavam Serra de "pior ministro da Saúde". Eles gritavam, acusando o tucano de ser o responsável pela epidemia de dengue em 2002.

Sim, meus Senhores!! Serra, quando Ministro, passou em todas as casas do estado do Rio de Janeiro, espalhando larvas do mosquito.

Exatamente! E vocês, pessoas com o mínimo de inteligência, achando que a dengue se alastrou por causa do povo brasileiro que insiste em não mudar suas atitudes, tais como não acumular água em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d´água, tambores, latões, cisternas, sacos plásticos e lixeiras...

É meus amigos... como nos enganamos! Tudo culpa do Serra!


Ahhhhhhhhhh façam-me o favor, né??


"Nada há de mais perigoso que um amigo ignorante. Mais vale um sábio inimigo" (Jean De La Fontaine)

Um comentário:

Blog do Carneiro disse...

Pois é... Muita gente se esquece de que, em diversos momentos, as coisas devem ser consideradas CONCEITUALMENTE, e não faticamente.
Vejamos o caso em tela... O objeto atirado no candidato José Serra não causou qualquer dano. Fato.
Atirar objetos nas pessoas, é atitude de baderneiro, vândalo, sem educação e porco. Conceito.
Cabe a cada um fazer seu juízo de valoração.
Eu não voto em pessoas que se aninham com porcos, com arruaceiros e com baderneiros.
Na bandeira do MEU país, está escrito ORDEM e Progresso. E eu respeito a ORDEM.
Se fosse como essa cambada de marginais age, estaria BADERNA e progresso.
Atos de bandalheira JAMAIS se justificam. Quer protestar? Faça isso pelas vias corretas. Reclame, peça explicação, analise a vida pregressa do seu candidato.
Mas, como bem salientado, é mais fácil atribuir a culpa a outras pessoas.
Mudar dói. Demanda esforço, demanda atitude. E se o povo brasileiro não se move nem mesmo pela própria saúde, o que dirá por sua representação política.
Lamentável. Povo burro, porco e sensacionalista.

Follow by Email