Lô Pimentinha

Lô Pimentinha
Devaneios de uma mulher, filha, amiga e advogada piperácea, cujos frutos são bagas picantes. Pensamentos habitualmente utilizados como tempero do cotidiano.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

CALEM-SE TODOS!

Informo que estou elaborando projeto de lei que proíba a todos de mencionar qualquer delito, escândalo ou suspeita que tenha ocorrido há mais de 3 meses. Quero que tal projeto seja conhecido como: "Calem-se todos".

Por óbvio esse projeto sofrerá emendas. Tenho certeza de que será agregado o seguinte: qualquer delito, escândalo ou suspeita relacionada ao PT, ocorridos a QUALQUER tempo.

Claro! Devemos fechar nossas bocas e não mencionar absolutamente nada que faça alusão às roubalheiras, falta de respeito e outras atrocidades cometidas pelo PT. Principalmente em período eleitoral.

Sim. Quebra de sigilo ocorrida em 2009 é mera notícia para desestabilizar partido que já se considera vencedor. Acusações sobre tráfico de influências na Casa Civil é mera notícia para colocar em dúvida a idoneidade dos discípulos de Lula.

Nunca mais ousem falar de mensalão! Já passou muito tempo!

Absurdo, mas é isso que querem me fazer engolir. Uma série de disparates revoltantes.

Se levantar essas questões polêmicas sobre o PT é oportunismo, como qualificarão a minha vontade de não extirpar um partido político, mas sim a língua do nosso “nobre” Presidente?

Neste momento, parafraseando Reihold Niebuhr, peço a Deus (ou a quem você entender ter uma força superior ao Lula): Dai-me serenidade! Já que tenho coragem para tentar mudar a opinião de milhares de brasileiros, mas não consigo, dai-me serenidade para aceitar que essas pessoas enxergam menos que um cavalo com catarata e tapa-olho.


Um comentário:

Blog do Carneiro disse...

Realmente... Mas, uma dúvida me ocorre.
Suponhamos que esse projeto passe. Que a lei seja promulgada e entre em vigor.
Será mesmo que os pais dos mortos em atos de terrorismo, os usurpados de seus bens em roubos e assaltos e todos os outros prejudicados irão se calar?
Se se não se calarem, seriam eles criminosos? Estariam eles incorrendo em crime ou ilícito civil? Ou seria apenas mais um modo de tentar impor uma medida à curta e escassa memória do povo brasileiro? É engraçado. O povo se lembra de quem foi o campeão da Copa de 58, quem foi o artilheiro do brasileirão, mas não se lembra de quem roubou e esvaziou seus próprios bolsos! Não se lembra daqueles que lhes fizeram de palhaço, ludibriaram e se beneficiaram às custas alheias.
Lamentável. Espero também que não tenham que se lembrar da dor causada pela perda de um ente querido após o mesmo ser literalmente explodido por uma granada lançada de um carro em movimento por uma marginal, terrorista e guerrilheira.

Follow by Email